A febre da semana é a nova atualização do WhatsApp, o tal Check Duplo Azul. E, para a alegria de uns e desespero geral da população… a partir de agora é indicado quando mensagem foi recebida E lida! Seja texto, áudio ou vídeo.

É o fim da privacidade e o início de discussões sem sentido. Isso ainda vai dar muito bafafá…

Antes, da nova atualização do aplicativo, o famoso “Double Check” era sinônimo de confusão entre os usuários, que tinham dúvidas se Dois Checks significava se tinha sido lido ou não…

Então, a partir de agora, já não vai mais colar aquelas “desculpinhas nossas de cada dia“… Se ficar azul, já era! Esqueça da possibilidade de sair com um daqueles argumentos “salvadores“… porque agora isso é coisa do passado.

Whatsapp

Bom, pra quem ainda não entendeu como funciona, vamos lá:

Os tradicionais “Tiks” simples, indicando o envio da mensagem, e o duplo, para identificar o recebimento devido, seguem funcionando normalmente. A “novidade” ficou por conta do duplo “Tik” azul, que é a comprovação de que a mensagem foi entregue E lida.

Ou seja:

Um Check ou Tik: Quer dizer que sua mensagem foi enviada para o servidor. Não chegou ainda em seu destino. Provavelmente aguarda conexão para ser enviada.

Dois Checks ouTiks: Quer dizer que sua mensagem chegou no destino. Não quer dizer que o usuário tenha visualizado (texto, áudio ou vídeo), ela apenas chegou no dispositivo.

Dois Checks Azuis: Quer dizer que a mensagem foi enviada para o servidor, foi entregue ao destinatário e ele visualizou, SIM!

IMG_0114

Como não podia ser diferente o “pânico” tomou conta dos  mortais e como não podia faltar, os Memes rolam soltos em todas as Redes Sociais e ( claro que ) selecionei alguns aqui pra meus leitores [email protected]:

Whatsapp

WhatsappWhatsappWhatsappWhatsappWhatsapp

Sim, mas vale a pena lembrar que essa atualização não chegou para todos os dispositivos. Alguns ainda funcionam como antes. E onde não houver a nova atualização … há vida!

E a pergunta que não quer calar: Vocês gostaram dessa nova função? Vocês estão em contra ou a favor deste novo recurso?